sábado, 14 de abril de 2018

Gilmar Mendes critica Sergio Moro: “Esse sujeito fala com Deus?”

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), voltou a se envolver em controvérsia nesta quarta-feira (11). Durante a sessão do STF que analisava o pedido de habeas corpus do ex-ministro Antonio Palocci, preso desde setembro de 2016 na Lava Jato, Mendes criticou o Ministério Público Federal (MPF) e os juízes federais Sergio Moro e Marcelo Bretas.
Segundo o ministro, existe “arbítrio” por parte de Moro e Bretas, e reclamou das prisões preventivas determinadas pelo magistrado do Paraná.
“Nós transformamos as prisões provisórias do doutor Moro em prisões definitivas. Esse é o resultado nesses casos… As prisões provisórias, as prisões cautelares, elas ganham caráter de definitividade. Por que se trata de decisões bem elaboradas? Esse sujeito fala com Deus? Do que nós estamos falando? Ou nós estamos fazendo populismo judicial?”, disparou o ministro durante a sessão.
O habeas corpus foi negado por 6 votos a 5, mas volta à pauta do STF nesta quinta-feira para a análise sobre a possibilidade de derrubarem a prisão “de ofício”, isto é, por iniciativa da própria Corte.
Não foi a primeira vez que Gilmar ataca as decisões de Moro, mas chama a atenção o fato de ele mencionar a religiosidade do juiz. O argumento ecoa o que disse o ex-presidente Lula em uma das gravações telefônicas interceptadas durante as investigações da Lava-Jato.
Sem citar nomes, o petista atacou servidores públicos por serem evangélicos. “Esses meninos da Polícia Federal e esses meninos do Ministério Público se sentem enviados de Deus”, disparou Lula. 
Com informações das agências

Trump recebe pastores e estuda a Bíblia na Casa Branca


A proximidade de Donald Trump com líderes evangélicos é um fato conhecido e divulgado desde sua campanha presidencial. Ao contrário de muitos políticos que busca esse tipo de relação apenas em período eleitoral, o presidente dos Estados Unidos e vários membros do seu gabinete se reúnem todas as quartas para fazer estudos bíblicos e orar.
É a primeira vez em pelo menos cem anos, que integrantes do gabinete presidencial dos Estados Unidos participam desse tipo de atividade religiosa. Quando estão em Washington, participam o vice-presidente, Mike Pence, o secretário de Estado, Mike Pompeo, a secretária de Educação, Betsy DeVos; o secretário de Energia, Rick Perry, o da Justiça, Jeff Sessions, o de energia, Rick Perry, e o de Agricultura, Sonny Perdue. Em média são dez membros do gabinete presidencial.
Essas reuniões duram entre 60 e 90 minutos e geralmente são lideradas pelo pastor Ralph Drollinger, um ex-jogador de basquete profissional, hoje com 63 anos. Ele e sua esposa Danielle fundaram a Capitol Ministries, dedicando-se a levar a palavra de Deus a políticos e funcionários públicos.
Durante a universidade, Drollinger se converteu e começou a estudar a Bíblia. Mesmo com a oportunidade de jogar em grandes times da NBA ele optou em jogar pela equipe do ministério Atletas em Ação, similar aos Atletas de Cristo, no Brasil. Ele jogou basquete em 35 países, sempre pregando o evangelho e dando seu testemunho no intervalo.
Iniciado na Califórnia, a Capitol Ministries está desde 2010 em Washington, onde mantém um grupo de estudos bíblicos para membros do Legislativo, que atualmente reúne cerca de 50 integrantes. Em março de 2017, pouco tempo depois de Trump assumir a presidência, eles começaram as reuniões na Casa Branca.
Segundo revela o pastor de alguns dos homens mais influentes do mundo, por iniciativa de Mike Pence, hoje muitas das pessoas do primeiro escalão “são fortes em Cristo”. Trump não consegue participar regularmente, mas recebe as oito páginas que Drollinger prepara para o estudo semanal.
“Ele me responde de volta, com anotações”, garante o pastor. Na verdade, esses estudos bíblicos não são privados ou secretos. Qualquer um pode lê-los online no site do ministério.
É possível ver que eles defendem os fundamentos do casamento tradicional, consideram as relações de pessoas do mesmo sexo “ilegítimas sob os olhos de Deus” e faz questão de deixar claro que  “as escrituras não apoiam o comunismo”. Como é um dos temas que mais incomodam os críticos do seu trabalho, o pastor afirma que a Bíblia claramente ensina a separação entre Igreja e Estado.
Nesta quarta-feira (11), a rotina dos estudos foi interrompida pela visita de 68 pastores da Convenção Batista do Sul, a maior dos EUA. Os líderes evangélicos, acompanhados de suas esposas visitaram o Gabinete Executivo, localizado ao lado da Casa Branca, para participar de uma reunião de 90 minutos com toda a equipe da Casa Branca.
Mike Pence foi recebê-los pessoalmente. Segundo o pastor Jack Graham, de uma grande igreja do Texas: “É muito bom saber que o presidente, o vice-presidente e toda essa administração estão totalmente comprometidos com os temas bíblicos que nos preocupam profundamente – a santidade da vida, da família, o apoio a Israel, a liberdade religiosa e a garantia de uma nação forte, sob o comando de Deus”.
Também fazia parte do grupo o pastor Robert Jeffress, que muitas vezes já foi para a televisão defender o presidente Trump. Ele disse que é sempre bom ouvir os líderes do país pedindo que a Igreja ore por eles, algo que esta semana puderam fazer pessoalmente. 
Com informações de Christian Post e BBC

Após conversão, Theo Becker fará peça sobre Jesus: “Quem eu puder salvar, vou ajudar”

Com um passado recheado de polêmicas, o ator Theo Becker de Oliveira, 41 anos, tem vivido uma nova fase de vida após sua conversão. Em fevereiro, batizou-se na Igreja Universal do Reino de Deus e postou nas suas redes sociais a mensagem: “Descobri que toda a história bíblica, e que conta a história de Jesus Cristo, realmente aconteceu, que ele realmente é o filho de Deus, que nos deixou como herança o seu sangue que é capaz de transformar a nós todos se buscarmos a salvação”.
Disse ainda que estava “mais feliz e completo do que nunca. Meu vazio se transformou em força e determinação”.
Cotado para viver o papel de Jesus na novela homônima que vai ao ar pela Record no segundo semestre, acabou não sendo escalado. A emissora o chamou para fazer um teste de caracterização para “Heróis da Fé”, onde interpretaria Labão, pai de Raquel e Lia.
O ator foi maquiado e caracterizado como um idoso, usando barba grisalha, peruca e rugas no rosto. Filmou algumas cenas, mas ainda não foi confirmado no papel. “Eu aprendi a ter uma fé que não se quebra. Esse ‘não’ [sobre Jesus] ainda faz parte da minha guerra espiritual. Eu sei que o ‘sim’ vai chegar, pelo bem de todos”, acredita.
Sua aposta pessoal agora é interpretar o Filho de Deus no teatro. Em uma peça escrita por ele, irá falar sobre seus dramas pessoais e mostrar um pouco da história de Jesus. “Vou pro teatro, contar essa minha história, minha preparação, com algumas palavras que possam ajudar as pessoas a salvarem suas almas. Vou fazer uma coisa linda, sozinho. Falando sobre isso tudo e sobre minha vida. Vai ter momentos de mim como Jesus e outros em que estarei falando como Theo Becker”, explicou.
Parte do roteiro poderia ser considerado um esforço evangelístico. “Vou falar algumas coisas que faço questão de abrir para o público […]. Vão me conhecer de verdade, saber tudo sobre minha entrega a esse laboratório e sobre meu encontro com Deus. Quem eu puder salvar, vou ajudar. Essa é minha maior meta.”
A produção ainda não tem data para estrear, mas ele diz que, em grande parte, se beneficiará do processo de preparação de busca do papel de Jesus na novela da Record. Theo conta que passou os últimos três meses em preparação intensa e chegou a emagreceu 12 quilos para compor um visual “mais próximo” de como seria o Filho de Deus. 
Com informações Notícias da TV

BODOCÓ NO SERTÃO DE PERNAMBUCO PEDE SOCORRO!


Devido as fortes chuvas que caíram na última sexta-feira a cidade de Bodocó no Sertão de Pernambuco, está completamente inundada. Levando a população ao desespero e consequentemente famílias inteiras desabrigadas. 

O prefeito Túlio Alves reuniu a equipe de governo e Corpo de Bombeiros na tarde desta sexta-feira (13) para tratar sobre as definições das ações de contingência que serão executadas para minimizar os impactos causados pelas fortes chuvas.

Entre os problemas, estão cerca de 350 casas inundadas, centenas de famílias desabrigadas, além de locais com acesso impossibilitado a algumas comunidades rurais, além do trecho da PE-545, que liga as cidades de Bodocó e Ouricuri, que foi bloqueado, após a pista ceder.

Todas as secretarias municipais estão mobilizadas em função de ações e medidas para garantir suporte para alojamento, alimentação, medicações e assistência médica e social aos desabrigados.

A Secretaria de Infraestrutura segue realizando levantamento de todas as casas e pontos alagados, além do monitoramento das barragens e açudes do município.

O prefeito Túlio Alves além de mobilizar todas as equipes da prefeitura e monitorar as ações, fez um pelo à população. “Em nome de cada bodocoense, peço que possamos unir forças para ajudar as pessoas que mais precisam neste momento, como também pedimos que as pessoas que estão em área de risco não apresentem resistência para saírem de suas casas.”

A Agência Pernambucana de Águas e Climas (APAC) emitiu Aviso Hidrometereológico nesta sexta-feira, que indica a probabilidade de significativos acúmulos de chuvas com intensidade de moderada a forte na região do sertão nos próximos dois dias.

A Coordenadoria de Defesa Civil de Pernambuco (Codecipe) e a Defesa Civil de Petrolina estão se dirigindo a cidade para as medidas cabíveis. 

(Via: Blog do Nill Júnior)

sexta-feira, 16 de março de 2018

Apesar das ameaças, Gideões se preparam para o Congresso Internacional de Missões 2018 de 21 à 30 de abril


Com o tema baseado em Éfesios 5:14, os organizadores do maior Congresso Missionário do Brasil já se preparam para receber  caravanas e pregadores de vários países.

Apesar de toda preparação, o evento vem sendo ameaçado pelo projeto de lei N. 003/2017 que  está em apreciação pela Câmara de Vereadores, apresentado pela vereadora Jane Stefen.
Ela propõe mudanças na legislação que modificará a realização de eventos na cidade, o que afetariam diretamente o Congresso Gideões Missionários da Última Hora podendo assim prejudicar a realização da edição deste ano.
Na  noite desta Quarta-Feira (14), o pastor Hueslen Ricardo falou sobre sua preocupação com esse projeto.
O evento, que é realizado todos os anos em Camboriú - SC, é totalmente gratuito e ocorrem cultos diários que iniciam-se às 7h00 e vão até as 23h00min, sem intervalos. 
Já foram confirmadas presenças de pregadores renomados internacionalmente. Confira:




Informações: Site dos Gideões

Pastora Helena Raquel permanece internada no CTI e pede orações


A pastora Helena Raquel, da Assembleia de Deus de Vila Pacaembu, em Queimados (RJ), esposa do pastor Eleomar Dionel, continua hospitalizada no Centro de Terapia Intensiva (CTI) da Casa de Saúde Nossa Senhora de Fátima, em Nova Iguaçu, em decorrência de dores intensas no abdômen.
Raquel está se recuperando e nas redes sociais, informou que está em estado estável, mas ainda sob observação médica no CTI. “Olá, amados. Agradeço pelas orações e inúmeras mensagens. Sigo hospitalizada, amada, cuidada… Nosso Deus é totalmente digno de confiança”, escreveu a pastora em seu Instagram.
A mãe da pastora concedeu uma declaração ao portal Pleno News e confirmou que a filha está se recuperando: “Ela está bem, aguardando uma cirurgia para retirada de pedras da vesícula. Tudo caminhando para a glória de Deus”, disse.
Posteriormente, a pastora usou as redes sociais para compartilhar o Salmo 121 (“Levantarei os meus olhos para os montes, de onde vem o meu socorro”) e tranquilizar os liderados: “Estou melhorando diariamente. Sigo necessitada das orações dos salvos. Agradecemos todas as manifestações de carinho e a amor”.
Matéria reproduzida: https://noticias.gospelmais.com.br

terça-feira, 13 de março de 2018

Cantor e pastor Jairinho é a grande opção politica no Senado para os evangélicos em Pernambuco

Foto: Hozana Araújo
Em meio ao desgaste político, surgem os que ainda podem mudar o quadro do nosso Brasil. O grande exemplo é o Estado  de Pernambuco que trás  uma excelente proposta  para o novo Senado.
Trata-se do cantor gospel e pastor Jairinho, que chega como a única opção no segmento evangélico. 
Contando com um currículo exemplar de 30 anos de carreira como cantor gospel e também  pastor, Jairinho, que está no partido REDE de Sustentabilidade,  recebeu com alegria o apoio da presidenciável,  Marina Silva,  para compor a majoritária como pré-candidato ao Senado por Pernambuco. Jairinho vem construindo umaexcelente relação com o partido REDE sustentabilidade . Marina silva se fez presente  no ato de filiação do Ex prefeito de Petrolina Júlio Lossio,  pré-candidato ao governo do estado pela REDE, e destacou em seu discurso a importância de um jovem dinâmico, idôneo, e o mais importante, ficha LIMPA na política atual. 
Se Pernambuco estava sem opções por conta do desgaste daqueles que estão no poder e não honraram o voto de seus eleitores, Jairinho chegou para fazer a diferença. Além de jovem, dinâmico, é um homem comprometido com a verdade do evangelho, e servo do Deus altíssimo.
"O nosso povo precisa de pessoas com novas propostas e ideias e que foque na necessidade das políticas públicas." Afirmou Jairinho.
Por: Hozana Araújo Ramos

domingo, 25 de fevereiro de 2018

Marina Silva reforça pré-candidatura ao senado do pastor e cantor gospel Jairinho por Pernambuco

Foto: Divulgação

Na noite da quinta-feira (22), o auditório do Praia Hotel, na Avenida Boa Viagem, em Recife-PE, ficou pequeno para a multidão que prestigiou a visita da pré-candidata a presidência, Marina Silva (REDE). 
 O evento que foi realizado com o objetivo de abonar a ficha de filiação do também pré-candidato ao governo do Estado, Júlio Lóssio. 

A reunião contou ainda com a presença do pastor cantor gospel Jairinho (REDE),  que na ocasião teve sua pré-candidatura ao senado lançada oficialmente por Marina Silva (REDE).
Com o desgaste na política, Marina destacou a importância do jovem Jairinho em se dispor a entra na disputa para fazer a diferença, já que o mesmo tem uma postura idônea e uma visão de politicas publicas voltada para uma sociedade mais justa. Além de professarem a mesma fé cristã, a ex-senadora destacou os 20 anos de conhecimento e amizade com o pastor Jairinho e sua família.

Por sua vez  o pré-senador ressaltou a importância da presença de Marina Silva e do Júlio Lóssio, juntos, em um momento tão delicado no cenário político, destacando ainda o valor de uma união mais forte do partido. Jairinho comparou essa batalha a de Davi e Golias, porém, reconhecendo que com Deus na frente serão sempre maioria. 

Assista o vídeo:

Da Redação: Hozana Araújo Ramos

Morre cantora gospel após levar uma queda da escada

Foto: Internet

Dona de uma voz única e participante como back vocal de muitos cantores do mundo gospel, a cantora conhecida por Jura Voz, faleceu na tarde deste sábado (24), vítima de um infarto. 
Jura seguia carreira solo na música gospel mas também fazia back vocal para alguns cantores famosos, como: Mattos Nascimento; Alvaro Tito; Andrea Fontes; Tuca Nascimento e Renata Barcellos entre outros. 
Segundo informações fornecidas a imprensa, Jurahavia sofrido um acidente doméstico e caiu da escada. Ela foi socorrida e estava no hospital, até a tarde deste sábado, quando um infarto tirou sua vida.
Amigos, colegas e familiares prestam suas últimas homenagens a cantora em suas redes sociais. 
A TVBlog Impacto Gospel lamenta o ocorrido e se solidariza com a família. 
Confira um dos últimos videos da cantora louvando numa vigília
Por: Hozana Araújo Ramos 

Recado do cantor Samuel Mariano após polêmica nas redes sociais com sua imagem


Com uma aparência cansada, e após inúmeras polêmicas serem levantadas na internet com sua imagem, o cantor Samuel Mariano deixa um recado em suas redes sociais para, indiretamente, os "amigos", que provavelmente,  o criticaram nesse momento, digamos de prova. 
Na hora em que ele intitula o "Comendo Bíblia no Caminho", o cantor relatou algo que envolveu a vida de Jô na hora da provação, e Mariano finalizou dizendo: " Independente do que você fale, independente do que você pense de mim, eu vou lhe amar pra sempre."

Assista na íntegra

sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

Igreja lavava dinheiro do PCC com dízimos e líder religioso é preso por associação com o tráfico, segundo a Polícia Federal

Após uma investigação que teve início em 2016, a Polícia Federal realizou o desfecho de uma megaoperação na última quarta feira (21) que resultou na prisão de 10 pessoas suspeitas de colaborar com o tráfico de drogas administrado pelo PCC (Primeiro Comando da Capital) na cidade de Itaquaquecetuba, grande São Paulo.

Entre os presos estava o “pastor” de uma igreja evangélica, cujo nome e denominação não foram revelados, mas que segundo a Polícia Federal atuava no crime lavando dinheiro para a facção criminosa. Além do líder religioso, foram presos também um traficante da facção e o irmão dele, um corretor imobiliário e proprietários de concessionárias de carros e açougues.
O delegado Fabrízio Galli, um dos responsáveis pelo caso, deu detalhes de como era praticado o crime:
 
“O dinheiro do tráfico era juntado ao dízimo na igreja que foi construída só para essa função. Donos de empresas de automóveis cediam carros para transportes de drogas. Os açougues faziam lavagem também. E a imobiliária alugava imóveis para a facção”, disse ele, segundo publicação do UOL.
Segundo Fabrízio, os criminosos se aproveitavam de atividades comuns para tentar ocultar os crimes. Nesse caso, a igreja, na verdade, seria apenas um local de fachada para a real intenção dos traficantes, muito embora os membros possam ter sido atraídos pelo discurso religioso do líder.
Rodrigo de Campos Costa, outro delegado envolvido na operação, também confirmou a intenção dos criminosos:
“Nós identificamos que tinha empresas no nome deles e identificamos também uma igreja (…) com um substancial elemento de que ela era utilizada como forma de lavagem de dinheiro”, disse ele segundo a Jovem Pan.
Foram 19 mandados de prisão em imóveis. Somados os crimes, a pena pode chegar a 31 anos de prisão por tráfico de drogas e associação com o tráfico.
Apesar dos integrantes do PCC serem os principais alvos, o envolvimento de uma suposta igreja evangélica e seu líder no esquema foi motivo de destaque em alguns canais de notícia.
Não obtivemos maiores informações sobre quem seria o suposto pastor e a sua denominação.

Matéria reproduzida do site: https://noticias.gospelmais.com.br/

Benny Hinn admite ter “ido longe demais” com a teologia da prosperidade

"Quando eu era mais novo, fui influenciado pelo o que os pregadores ensinavam naquela época", admitiu Benny Hinn. (Foto: Reprodução).

Enquanto refletia sobre a vida e a morte do evangelista Billy Graham em um vídeo publicado no Facebook, o evangelista Benny Hinn admitiu que "foi longe demais" com a teologia da prosperidade.
"Nós somos atacados por pregar prosperidade. Bem, está na Bíblia, mas acho que alguns chegaram ao extremo com isso, e a palavra de Deus não ensina assim. Acho que eu sou tão culpado quanto os outros", disse ele.

"Às vezes você vai um pouco além do que realmente precisa ir e, então, Deus o traz de volta à normalidade e à realidade", disse Hinn, de 65 anos, em sua conversa com um colega do ministério. O vídeo completo pode ser visto no final dessa matéria, em inglês.
"Quanto mais você conhece a Bíblia, mais você se torna biblicamente embasado e equilibrado em suas opiniões e pensamentos, porque somos influenciados. Quando eu era mais novo, fui influenciado pelos pregadores que ensinavam naquela época. Mas como vivi mais tempo, fico pensando: 'Você sabe que isso não se encaixa totalmente com a Bíblia e com a realidade'. Então, o que é prosperidade?", questiona.
Hinn falou sobre o ensino que diz que os cristãos podem obter bênçãos de saúde e riqueza através de confissões positivas de fé e "plantar sementes" através de pagamentos de dízimos e ofertas.

"Será que Elias, o profeta, tinha um carro? Nem sequer tinha uma bicicleta. Ele não tinha falta alguma. Jesus dirigiu um carro ou vivia em uma mansão? Não. E os apóstolos?", questionou Hinn, explicando sua interpretação sobre o que é sentir falta de algo. "Hoje, a ideia é abundância e casas palacianas, carros e contas bancárias. O foco está errado. Tão errado", ressaltou.

O evangelista, que já foi apanhado em controvérsias sobre as riquezas em seu ministério, disse que vive muito mais humildemente agora. "Quero me perdoar. As pessoas me acusaram de coisas que nem sequer são reais. Um cara escreveu: 'Oh, ele vale 40 milhões'. Como eu gostaria! Eu daria tudo ao Reino diante de Deus", disse.

"Ele voa em jatos particulares", continuou Hinn, imitando seus críticos. "Não, eu não. Eu não viajei em voos privados nestes anos. Eu vôo em viagens comerciais como qualquer outra pessoa", explicou.
"Nós cometemos o erro de pensar que isso é o que Deus quer e Deus diz: 'Não, isso não é o que Eu quero'. É hora de viver biblicamente. Você sabe que tudo se resume a uma coisa. Nós amamos Jesus, sim ou não? Se amamos a Jesus, é tudo sobre Ele. Se não amamos Jesus, então é sobre outras coisas", salientou. Em última análise, Hinn disse que quer que sua vida "termine bem" com Deus.

Ministério e o divórcio
Em 2015, durante o evento "Escola Profética" conduzido pelo Ministério Joel Engel, Benny Hinn revelou que chegou a pregar separado de sua esposa. "Em 2010, eu passei por um desafio na minha vida, e isso pode acontecer com qualquer um. Minha esposa vem de uma grande família, muito ricos no espírito. O pai dela acabou perdendo o ministério por causa de uma mulher", disse ele.

Depois do escândalo na família de sua esposa, Suzanne Hinn, um período turbulento marcou o processo de separação do casal. “Minha esposa começou a ter lutas com a identidade dela. Eu estava viajando, pregando e ministrando, enquanto minha esposa estava emocionalmente morrendo. Acabamos enfrentando o divórcio”, conta o pregador.

O casal ficou separado durante três anos, causando grande polêmica no meio evangélico e um abalo na vida familiar, ministerial e espiritual de Benny. “Esses três anos foram muito terríveis. Um dia, eu e minha esposa fomos ter uma longa conversa, e foi horrível, uma guerra. E como resultado desse divórcio, minha força espiritual começou a ser afetada”, conta.

Mesmo com todos os acontecimentos em sua vida pessoal, a unção permaneceu sobre o ministério de Benny Hinn. “Isso começou a mexer comigo. Eu perguntava: ‘Senhor, por que está me ungindo sabendo que eu estou lutando pela minha vida?’. De início Ele não me respondeu, mas eu comecei a perceber, dia após dia, o perigo em que eu estava.”

"Comecei a entender que a unção do meu ofício não tem nada a ver com a unção na minha vida. A unção na minha vida é o que mantém o fogo de Deus na minha alma. É essa unção nos nosso corações que precisa ser cuidada", disse. "A unção no ministério é como um peso que você carrega. Se a unção do seu coração começar a enfraquecer, a unção que está no seu ministério vai te destruir".
Casamento restaurado

Benny Hinn contou que sua entrega a Deus foi a chave para a restauração de sua família. “Foi isso que curou a minha família. Minha esposa olhou no meu rosto, e disse: ‘Benn, eu vejo Jesus nos seus olhos. Vamos ficar juntos novamente’. Graças a Deus, hoje, o Senhor curou o meu casamento”.

“Vou dizer algo: no nosso caso, o divórcio foi a melhor coisa que nos aconteceu. Alguns pastores aqui estavam no meu casamento – o segundo casamento, com a mesma mulher. O Senhor curou o nosso relacionamento e a minha esposa completamente”, disse na época.

Matéria reproduzida do site: https://guiame.com.br/gospel/

Marcos Feliciano pode sair candidato a vice-presidente na chapa de Álvaro Dias

Quarto deputado federal mais votado do país, em 2014, com exatos 398.087 votos, o Pastor Marco Feliciano está em um bom momento político. De saída do PSC e de malas prontas para o Podemos, seu nome vinha sendo cotado para concorrer a uma vaga no Senado por São Paulo. Mas isso dependeria de algumas coligações e acordos com outros partidos.
Com o quadro ainda indefinido, agora surgiu uma sondagem, feita pela direção de seu futuro partido para sair como candidato a vice-presidente, na chapa de Álvaro Dias (Pode/PR). A ideia seria atrair para a legenda o eleitorado do segmento evangélico. Afinal, este grupo religioso representa hoje cerca de um terço da população brasileira.
A consulta foi feita pela presidente do Podemos, deputada Renata Abreu. Segundo noticiou a Gazeta do Povo, os dois conversaram na tarde desta quarta-feira (21) sobre a possibilidade.
“Respondi a ela: por que não? Todo mundo quer o apoio de um evangélico, mas é preciso saber escolher”, conta Feliciano.
De acordo com o jornal, o nome de Feliciano agradaria a Álvaro Dias. Feliciano diz que já foi sondado por dois outros presidenciáveis: Jair Bolsonaro (PSC) e Fernando Collor de Mello (PTC).
Questionado pelo portal Gospel Prime sobre o que o brasileiro estaria procurando nas próximas eleições, Feliciano foi sucinto: “Candidatos com experiência, ficha limpa e tendências conservadoras”. E garante ter todas essas características.
Matéria reproduzida do site: www.noticias.gospelprime.com.br

“Em 10 anos Brasil será de maioria evangélica”, calcula IBGE


Segundo os dados do último Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) – de 2010 – a cada ano os católicos vinham perdendo 1% dos fiéis e os evangélicos ganhando 0,7%. O Instituto calcula que essa perda dos católicos se acelerou, enquanto ao mesmo tempo crescem os índices de evangélicos e grupos “sem religião”.
O próximo Censo oficial ocorrerá apena em 2020, mas são feitas amostragens de tempos em tempos para estabelecer tendências. “Possivelmente em cerca de 10 e 15 anos o Brasil não terá mais maioria católica”, avalia o demógrafo José Eustáquio Diniz Alves, da Escola Nacional de Ciências Estatísticas do IBGE.
Uma pesquisa do Instituto Pew, sediado nos EUA, em 2015, analisou a situação religiosa na América Latina. Feita por amostragem, abordou 18 países. Ficou evidenciado que um em cada cinco brasileiros é ex-católico. O estudo concluiu também que a busca por uma “maior conexão com Deus” foi o motivo apontada por 81% dos entrevistados para a mudança religiosa. Já 69% disseram que preferiam o estilo da nova igreja enquanto  60% asseguram que a escolha era devida a “maior ênfase” em questões morais.
O cardeal dom Sérgio da Rocha, presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e arcebispo de Brasília minimiza as estatísticas. Diz que o mais preocupante para a Igreja Católica não são “os que seguem a Jesus em outras igrejas, mas os que se dizem católicos e não vivem como tal”.
Já o padre Valeriano dos Santos Costa, diretor da Faculdade de Teologia da PUC-SP, considera que a prática do catolicismo no Brasil está bem pior. “Menos de 10% dos batizados na Igreja Católica Apostólica Romana frequentam as missas dominicais, o que significa um mínimo de pertença.”
Espírito empresarial X descrença
Avaliando a quedo do número de católicos no Brasil dom Sérgio da Rocha diz que isso “Tem a ver com a dinâmica interna de uma sociedade plural e complexa, e não apenas com as limitações e lacunas da ação pastoral da Igreja Católica, que obviamente não podem ser negadas”.
A postura do padre Valeriano é mais crítica, ele acredita que o crescimento das igrejas evangélicas oferece um desafio para os católicos. “Aqui nós sempre ficamos muito quietinhos. As paróquias não podem ficar só com o costume de manutenção. Temos que ir a campo, procurar as pessoas. Temos que adotar esse espírito empresarial, que é o que cria novas possibilidades”.
Alguns números levantados em pesquisas recentes feitas por Diniz Alves indicam a proporção do crescimento de evangélicos, especialmente nas zonas metropolitanas das grandes cidades. Por exemplo, na periferia de São Paulo seriam 52 evangélicos para cada 100 católicos, enquanto no Rio de Janeiro seriam 71 para cada 100. Os números de Rondônia são quase os mesmos.
Espírito Empreendedor
A professora Maria das Dores Campos Machado, do Núcleo de Religião, Gênero, Ação Social e Política, da Escola de Serviço Social da UFRJ, dedica-se ao estudo do movimento evangélico no país.
Segundo ela, “Os evangélicos estão indo onde o Estado não vai atender as demandas básicas dos mais necessitados.” Além disso, os pastores e líderes evangélicos estão mais próximas das pessoas que a liderança da Igreja Católica.
“Quantos padres ou bispos negros católicos existem hoje? Muito poucos. As igrejas evangélicas buscam seus pastores diretamente nas populações mais carentes. Há vários pastores negros e também mulheres pastoras e bispas. As igrejas evangélicas criaram um caminho de inclusão e ascensão social”, assegura.
Existem várias maneiras de ver esse contraste. Quase em frente ao Templo de Salomão, construído pela Universal com 10 mil lugares, fica a Igreja Católica de São João Batista, com 400 assentos.
O padre Marcelo Monge, responsável pelo lugar, disse que não se importa com o fato de o templo vizinho atrair muito mais gente. “Muitos pastores têm a capacidade de dirigirem assembleias. Sei que tenho poder para isso, mas tenho medo porque terei de prestar contas a Deus do que fiz aqui na Terra”, assegura.
Em sua opinião, muitas igrejas pentecostais estimulam o individualismo, falando sobre alcançarem um carro, uma casa própria e seu próprio negócio. “Jesus, quando fez milagres, foi seguido por uma multidão. Mas ele queria discípulos que fossem servos de Deus – esses foram poucos”, garante.
As queixas sobre esse tipo de discurso de prosperidade também é feito Deiró de Andrade, pastor da Assembleia de Deus localizada a duas quadras do Templo de Salomão. Ele diz não concordar com a postura de pregadores e bispos que enriquecem com a contribuição dos fiéis. “Isso dói, machuca mesmo. São alguns dos nossos que não foram suficientemente fortes.” Defende ainda que, na Assembleia de Deus, o crescimento sempre foi no boca a boca, seguindo a máxima do “ovelha chama ovelha”.
Sua avaliação é que a mudança de igreja por parte dos ex-católicos tem motivos claros. “Os países da reforma protestante prosperaram; os da contrarreforma fracassaram”, diz. “A Bíblia não diz o que é felicidade, mas mostra o caminho, trata da formação espiritual, da família, do trabalho que traz dignidade. É isso que pregamos”, encerra.
Matéria reproduzida do site: www.noticias.gospelprime.com.br

Funeral de Billy Graham terá homenagem reservada a presidentes e lembrará seu início de ministério

Biblioteca Billy Graham, onde o corpo do evangelista será sepultado
As últimas homenagens ao evangelista Billy Graham serão feitas de uma maneira alusiva ao seu início de ministério. A informação foi revelada pelo porta-voz da Associação Evangelística fundada por ele, Mark DeMoss.
O corpo de Billy Graham, falecido na última quarta-feira, 21 de fevereiro, está sendo mantido na Casa Funerária de Asheville, Carolina do Norte. No sábado, dia 24 de fevereiro, ele será transportado para Charlotte, no mesmo estado, em um trajeto de três horas, para a Biblioteca Billy Graham.
O velório público acontecerá dias antes, na segunda e terça-feira próximas, na casa da família Graham, entre 08h00 da manhã do dia 26 até as 22 horas do dia 27. O público poderá prestar seus respeitos ao grande pregador durante esse período.
O culto fúnebre será realizado no dia 02 de março sob uma grande tenda branca, como forma de lembrar o começo do ministério do evangelista, e será reservado à família, amigos e convidados, que devem somar 2.300 pessoas. “Sua família e membros da equipe achavam que seria apropriado também manter seu funeral debaixo de uma tenda como uma lembrança de como seu ministério público foi lançado”, disse DeMoss.
No culto – que foi planejado pessoalmente pelo próprio Billy Graham anos antes de sua morte, seus filhos irão prestar suas homenagens e o mais conhecido deles, o pastor Franklin Graham, irá fazer um sermão com um foco definido pelo próprio pai: o Evangelho.
De acordo com informações da emissora Christian Broadcasting Network, o caixão onde Billy Graham será enterrado foi confeccionado à mão por detentos de uma cadeia de Angola, em 2006, a pedido do próprio evangelista. O sepultamento será feito ao lado do local onde sua esposa, Ruth, foi enterrada em 2007, sob uma passrela transversal dentro da Biblioteca Billy Graham.
Numa entrevista de 2007, Graham foi questionado sobre como ele queria ser lembrado após sua morte. “Que eu fui fiel à mensagem que Ele deu e fiel ao chamado que Ele me deu para ir ao mundo e pregar o evangelho. É assim que eu gostaria de ser lembrado”, respondeu.

Honraria de presidentes

Após o velório público nos dias 26 e 27, o corpo de Billy Graham será levado à rotunda do Capitólio de Washington, onde permanecerá por dois dias, entre 28 de fevereiro e 01 de março, e permitirá que admiradores de seu ministério possam homenageá-lo.
Essa homenagem é restrita a presidentes dos Estados Unidos, e Billy Graham é apenas o quarto cidadão que não foi eleito à Casa Branca a receber tal honraria. O pedido para que o corpo de Graham seja velado no Capitólio foi feito pelo presidente da Câmara de Representantes, Paul Ryan, ao filho do evangelista, Franklin Graham, através de uma carta assinada também pelo líder da maioria do Senado, Mitch McConnell.
“Com a sua aprovação, faremos os preparativos para que os americanos tenham a oportunidade de homenagear o reverendo Graham antes que ele seja enterrado”, dizia o documento.
Fonte: Gospel Mais

Pastor Jairinho é lançado oficialmente por Marina Silva como pré-candidato ao senado por Pernambuco

Fotos:TVblog Impacto Notícias

A pré candidata a presidência pela Rede Sustentabilidade, Marina Silva (REDE), esteve na cidade do Recife para abonar a filiação do também pré-candidato ao governo do Estado, Júlio Lóssio, ex-prefeito de Petrolina.  Na ocasião realizou uma coletiva com a imprensa, e em seguida participou de uma reunião com correligionários onde lançou oficialmente a pré-candidatura do pastor e cantor Jairinho ao senado por Pernambuco. 
O evento que ocorreu na noite desta quinta-feira (22), no auditório do Praia Hotel, por sua vez, foi bastante concorrido e teve a participação relevante de políticos de todo nordeste. 
Em seu discurso de apresentação, o pastor Jairinho (REDE), que concorre a um cargo político pela primeira vez, ressaltou a importância da presença de Marina Silva e do Júlio Lóssio, juntos, em um momento tão delicado no cenário político, destacando ainda o valor de uma união mais forte do partido. Jairinho comparou essa batalha a de Davi e Golias, porém, reconhecendo que com Deus na frente serão sempre maioria. 
Assista o vídeo:

                                                      Discurso do pastor Jairinho

Da Redação: Hozana Araújo Ramos

Marina Silva fala ao nosso Blog sobre o apoio dos evangélicos à sua pré-candidatura a presidência

Fotos: TVBlog Impacto Notícias


Marina Silva da Rede Sustentabilidade, pré-candidata a presidência da república, concedeu entrevista coletiva na noite desta quinta-feira (22), no auditório do Praia Hotel em Recife. 
A ex-senadora se fez presente ao evento de filiação do ex-prefeito de Petrolina, Júlio Lóssio, ao Partido Rede Sustentabilidade, o qual também é pré-candidato ao governo do estado de Pernambuco. Na ocasião estiveram presentes pré-candidatos a deputado estadual, federal e ao senado, no caso do pastor e cantor Jairinho, que foi lançado oficialmente pela presidenciável. 
A nossa repórter Hozana Araújo perguntou sobre a expectativa do apoio no segmento evangélico e os critérios usados para escolher Jarinho como pré-candidato.
Confira a resposta:

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

Morre o maior pregador do evangelho puro. Até breve e não adeus Billy Graham

Hoje posso definir o principio do salmos 91:16 "Fartá-lo-ei com longura de dias.
           
O evangelista Billy Graham faleceu aos 99 anos nesta quarta-feira, 21 de fevereiro, em sua casa na cidade de Montreat, Carolina do Norte (EUA). Em seus últimos anos de vida, ele conviveu com a saúde debilitada e a perda parcial da audição. 
Billy Graham se dedicou ao ministério evangelístico ao longo das últimas décadas, e se dizia compromissado com a Grande Comissão ordenada por Jesus em Marcos 16:15: “Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda criatura”. Durante seu ministério, ele pregou a mais de 215 milhões de pessoas, em 185 países.
Sua dedicação ao evangelismo acompanhou a evolução da tecnologia, e a associação evangelística que carrega seu nome – fundada em 1950 – se valeu do rádio, televisão, filmes, fitas cassete, DVDs e transmissões online para alcançar as pessoas nas cruzadas evangelísticas ao redor do mundo.
De acordo com informações do portal Charisma News, Graham passou a ser mundialmente conhecido a partir de 1949, quando realizou uma cruzada em Los Angeles e durante seu apelo centenas de milhares de pessoas se entregaram a Jesus.
O portal G1 noticiou a morte de Billy Graham destacando que “ele pregou para mais pessoas do que qualquer outro [pregador] na história, atingindo milhões seja pessoalmente, na TV ou por links via satélite”.

Biografia

Nascido em 7 de novembro de 1918, quatro dias antes do armistício que encerrou a Primeira Guerra Mundial, Graham foi criado em uma fazenda de laticínio em Charlotte, Carolina do Norte. Crescendo durante a grande depressão causada pelo crash da Bolsa de Nova York em 1929, ele aprendeu o valor do trabalho árduo na fazenda familiar, mas ele também encontrou tempo para passar muitas horas nos livros de leitura do celeiro sobre uma grande variedade de assuntos.
No outono de 1934, aos 15 anos, Graham fez um compromisso pessoal com Cristo através do ministério de Mordecai Ham, um evangelista itinerante, que visitou Charlotte para uma série de reuniões de avivamento.
Ordenado ao ministério em 1939 por uma igreja ligada à Convenção Batista do Sul (tida como a maior denominação evangélica do mundo em número de membros), Graham recebeu uma base sólida nas Escrituras no Florida Bible Institute (agora Trinity College, na Flórida).
Em 1943, ele se formou no Wheaton College em Illinois e casou-se com a estudante Ruth McCue Bell, filha de um cirurgião missionário, que passou os primeiros 17 anos de sua vida na China.
Depois de se formar na faculdade, Graham criou a Primeira Igreja Batista em Western Springs, Illinois, antes de ingressar na Youth for Christ, uma organização fundada para o ministério para jovens e militares durante a Segunda Guerra Mundial. Ele pregou em todo o território dos Estados Unidos e na Europa na era pós-guerra imediata, emergindo como um evangelista jovem em ascensão.
A Cruzada de Los Angeles, em 1949, lançou Graham como um proeminente pregador internacional. Agendadas inicialmente por três semanas, as reuniões na cidade foram estendidas para mais de oito semanas, com multidões preenchendo fichas de inscrição em uma barraca erguida no centro de eventos a cada noite.
Muitas de suas subsequentes cruzadas iniciais foram igualmente ampliadas, incluindo uma em Londres, que durou 12 semanas e outra na Cidade de Nova York, no Madison Square Garden, em 1957, que funcionou todas as noites durante 16 semanas.
Graham e seu ministério se tornaram conhecidos em todo o mundo. Ele pregava em aldeias africanas remotas e no coração da cidade de Nova York, e aqueles a quem ministrou variam de chefes de estado até os mais simples fazendeiros na Austrália, ou em tribos isoladas da África e do Oriente Médio. Desde 1977, Graham teve a oportunidade de realizar missões de pregação em praticamente todos os países do antigo bloco oriental, incluindo a antiga União Soviética.
Em 2013, Graham teve a visão de proclamar o Evangelho em toda a América do Norte, levando à implementação da Cruzada Minha Esperança com Billy Graham, um evangelismo de base nos Estados Unidos e Canadá, combinando relações pessoais com o poder da mídia moderna.
A estratégia da Cruzada Minha Esperança incentiva os participantes a abordar pessoas que já conhecem e a se engajarem em conversas e conexões significativas como um catalisador para compartilhar a esperança e o amor encontrados em um relacionamento com Jesus Cristo.
Quando completou 95 anos, Graham gravou uma nova mensagem de vídeo para o projeto, que foi disponibilizado para uso em casas em todo o país como uma ferramenta para compartilhar o evangelho. Essa pregação ficou conhecida como “a última mensagem de Billy Graham“.
Graham perdeu sua esposa, Ruth Bell Graham, em junho de 2007, após quase 64 anos de união. Juntos, eles tiveram três filhas, dois filhos, 19 netos e inúmeros bisnetos.

Obra

Billy Graham escreveu 32 livros, muitos dos quais se tornaram os mais vendidos em sua época de lançamento. Sua autobiografia, intitulada Just As I Am, (editada no Brasil como “Billy Graham – Uma Autobiografia) foi lançada em 1997 e conseguiu uma “tripla coroa”, aparecendo simultaneamente nas três melhores listas de best-sellers em uma única semana.
Neste livro, Graham reflete sobre sua vida, incluindo os mais de 70 anos de ministério em todo o mundo. Desde os começos humildes como filho de um fazendeiro leiteiro na Carolina do Norte, ele compartilha como sua fé inquebrável em Cristo formou e moldou sua carreira.
Os trabalhos mais recentes de Graham incluem os livros “The Reason for My Hope: Salvation” (2013), “The Heaven Answer Book” (2012), “Nearing Home” (2011) e “Storm Warning” (2010). “Nearing Home” foi selecionado como o Livro Cristão do Ano de 2012 pela Associação de Editores Cristãos Evangélicos.
De seus outros livros, “Approaching Hoofbeats: The Four Horsemen of the Apocalypse” (1983) foi listado por várias semanas na lista do best-seller do The New York Times; “Como nascer de novo” (1977) teve a maior primeira impressão na história da publicação com 800 mil cópias; “Anjos: agentes secretos de Deus” (1975) vendeu um milhão de cópias dentro de 90 dias; e “The Jesus Generation” (1971) vendeu 200 mil cópias nas duas primeiras semanas.

Pastor dos presidentes

Os conselhos de Graham foram procurados por presidentes dos Estados Unidos em diversas ocasiões, e seu apelo nas arenas seculares e religiosas é evidenciado pela ampla gama de grupos que o honraram, incluindo numerosos doutores honorários de muitas instituições ao redor do mundo.
Os reconhecimentos incluem o Prêmio de Liberdade da Fundação Presidencial Ronald Reagan (2000) por contribuições para a causa da liberdade; Medalha de ouro do Congresso dos EUA (1996); o Prêmio da Fundação Templeton para o progresso na religião (1982); e o Prêmio Big Brother por seu trabalho em prol do bem-estar das crianças (1966).
Em 1964, recebeu o Prêmio do Presidente do Ano e foi citado pelo George Washington Carver Memorial Institute por suas contribuições para as relações raciais. Ele foi reconhecido pela Liga Anti-Difamação do B’nai B’rith em 1969 e pela Conferência Nacional de Cristãos e Judeus em 1971 por seus esforços para promover uma melhor compreensão entre todas as fés.
Em dezembro de 2001, ele recebeu um título honorário honorário, Chefe de cavaleiro honorário da Ordem do Império Britânico (KBE),
Graham é regularmente listado pelo instituto de pesquisas e estudos Gallup como um dos “Dez homens mais admirados do mundo”, e descrito como a figura dominante nessa pesquisa desde 1948 – foi citado 56 vezes na pesquisa, completando 50 anos consecutivos em 2012. Ele também apareceu nas capas de revistas renomadas como TimeNewsweekLifeU.S. News and World ReportParade e inúmeras outros veículos, que dedicam espaço à sua carreira como evangelista em artigos.
Matéria reproduzida do G1/Gospel Mais

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...