terça-feira, 31 de janeiro de 2012

O adeus das primas Erika (Kinha) E Gleyciellem

A noite do domingo (29/01/2012) levou um pedaço de cada um dos Malaquias. Levou o sorriso, a alegria, o sonho, o projeto, o ideal, deixando apenas a tristeza, o vazio, a angustia e a saudade. Se tio Siva, tia Nina, mainha dja, mãe Nuca, pai Malaquia e tantos outros que já partiram estivessem aqui com certeza não suportariam tamanha dor. Sem aviso prévio ela chegou de forma arrasadora. violenta e sem dó, essa coisa chamada morte, tirou da geração de Borys, mil, Luaninha, Kely, Larissa, Laércia, Gleycianne, Thaisinha, Dedeza, Andreinha e demais primos e primas, a meiguice de Gleyciellem e alegria contaginte de Erika (Kinha). Resta-nos apenas a lembrança. Que o nosso Deus nos dê força para continuarmos vivendo. Conto com as orações dos santos.

Tia Cízia lança projeto "Uma nova sementinha" no Bairro do JK - Arcoverde

Tia Cízia Martrins
Na tarde de sábado (21), com aproximadamente 40 crianças, a igreja Deus é fiel do bairro do JK - Arcoverde, realizou a Escola Bíblica de Férias (EBF).  Na oportunidade foi lançado o projeto da tia Cízia Martins "Uma Nova Sementinha" o qual ela já realiza no bairro do São Geraldo. O projeto tem como objetivo atrair crianças de 0 a 15 anos para uma vida com JESUS, tirando assim toda oportunidade delas viverem no mundo das drogas e do pecado. Após a ministração, baseada na criação e salvação em Jesus, 15 crianças e adolescentes confessaram a Jesus como Salvador de suas vidas. Além do estudo bíblico teve ainda muita brincadeira e dinâmica com a missionária Eliane Nogueira, depois um delicioso lanche. O projeto será desenvolvido e terá reuniões todo sábado á tarde na direção da pastora Hozana Araújo e ministração das  tias Ramone e Rafaela, que estão sendo treinadas por Cízia martins. 

Redação/Fotos/Hozana Araújo

Irmão Saulo ministra cura e libertação na quinta-feira da vitória na Igreja Deus é fiel

 Numa noite de muita unção o jovem irmão Saulo cumprindo agenda em Arcoverde ministrou na noite de quinta-feira (26) cura e libertação na igreja Deus é Fiel do JK. Foram momentos de muita unção e cura. Na ocasião pessoas foram curadas e libertas e ainda receberam o batismo no Espírito Santo.


Da redação/fotos/ Hozana Araújo

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

LUTO

Querido leitores peço desculpas por não ter condições de cobrir essa tragédia na minha família.
Estamos desolados mas o nosso Deus é a nossa força.

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

“Interpretar Jessé foi um dos belos prêmios que recebi na carreira”, afirma Clemente Viscaíno

Rude e autoritário, Jessé é um homem simples. Não tão simples é sua relação com Davi, o mais novo de seus sete filhos. Isso porque o caçula não tem habilidades para a guerra como os demais irmãos, todos soldados de Saul. Com isso, na visão de Jessé, o futuro não reservaria grandes feitos a Davi, que estaria fadado a pastorear ovelhas, tarefa indigna na época.
Para contar sobre a experiência de viver o personagem, Clemente Viscaíno bateu um papo com o R7.

R7 – Como você definiria o seu personagem?
Clemente Viscaíno – Jessé é um homem do campo que gerou filhos para o trabalho e para a guerra. Entre eles, Davi, o mais franzino e sonhador, seria sempre um pastor,  já que não tinha habilidades para a arte da guerra. Quando Samuel o aponta como escolhido de Deus para assumir o trono, Jessé e seus filhos não aceitam. Afinal, como um frágil tocador de harpa poderia ser ungido Rei de Israel? No fim, como todo pai, Jessé quer o bem dos filhos, mas ele tem seus preferidos e nisso reside uma contradição do personagem.

R7 – Conte um pouco sobre a preparação para viver Jessé…
Clemente Viscaíno – Preparamos-nos com aulas teóricas e práticas, ensaios, testes de figurinos e maquiagem. Assim, o ator passa um belo e proveitoso tempo com profissionais do mais alto nível. A roupa e a maquiagem foram construídas junto com os atores, o que nos deu a liberdade de acrescentar detalhes.

R7 – A minissérie conta com diversos efeitos especiais. O que você achou da experiência?
Clemente Viscaíno – Os efeitos especiais são fantásticos. Eu, que nem sei usar direito meu computador, fico como uma criança diante deles.

R7 – Como é trabalhar em uma atração que recria a história de um dos grandes Reis da história de Israel?
Clemente Viscaíno – Nós atores sempre sonhamos interpretar personagens que representam a utopia do homem em busca do conhecimento, atrás do seu lugar no caminhar da humanidade. Fazer o papel de Jessé nessa grandiosa saga foi um dos belos prêmios que recebi na minha carreira.

R7 – O que o público pode esperar da minissérie? E qual é a sua expectativa?
Clemente Viscaíno – Podem esperar uma grande saga sobre o momento em que o homem tem que tomar coragem para mudar a sua realidade. Rei Davi foi feito com carinho e profissionalismo. O publico irá se surpreender com esse maravilhoso trabalho, que tem tudo para ser a minissérie do ano. Tenho certeza que Rei Davi será um marco dentro da televisão brasileira e da Rede Record, que não poupou esforços para produzi-la.

R7 – Qual mensagem pode ser tirada da história de vida de Jessé e Davi?
Clemente Viscaíno – O homem é um bicho complicado que ainda não aprendeu a tratar  a vida com tolerância e delicadeza. Isso se reflete muito no “aconchego do lar”. A relação entre Davi e Jessé passa pela intolerância e autoritarismo de um pai em relação ao filho. A humanidade anda por caminhos tortuosos e inseguros, cheios de ódio e intolerância.

Fonte/Guima-me

"Existe hoje, no meio evangélico, muita gente hipócrita" diz Sarah Sheeva a Marilia Gabriela

No "De Frente Com Gabi" deste domingo, 29 de janeiro, Marília Gabriela recebe a cantora, compositora, missionária e escritora Sarah Sheeva. Filha de Pepeu Gomes e Baby do Brasil, Sarah deixou o grupo SNZ (que formou com suas irmãs Nãna Shara e Zabelê em 2000) e três anos depois mudou sua vida de forma radical. Ela é hoje missonária e pastora aspirante da Igreja Celular Internacional e defende a "castidade" e a "contenção sexual". Sarah lançou dois livros sobre o assunto e defende a abstinência sexual completa antes do casamento. Ela vem ao programa para falar sobre sua história, sua conversão e suas opniões sobre relações afetivas e sexuais.

Confira abaixo as melhores frases da entrevista: 
Meus pais demoraram 6 meses para me dar um nome.
O sexo tem o poder de unir espiritualmente as pessoas.
Deus adormeceu o meu desejo (sexual) porque eu pedi.Nunca usei drogas, nunca fumei e nem cheirei.
Estou esperando a minha hora para poder beijar muito.Me tornei pastora só em 2010, mas eu não queria isso porque é muita responsabilidade.
Eu recebo uma ajuda de custo da igreja que não paga nem o meu aluguel.
Existe hoje, no meio evangélico, muita gente hipócrita.Quando eu vi o filme “Thor”, eu falei: “Meu Deus, é o meu número!”.
Jesus me curou mas não me cegou.
Eu acredito que tem gente que não frequenta igreja e tem um caráter muito melhor do que alguns que estão lá dentro.
Eu tinha preconceito com igreja. Eu chamava todo mundo de fanático na minha cabeça.
Em 1999 eu já estava convertida, mas era uma crente “007”, ninguém sabia que eu era.
A conversão verdadeira não é à religião, é à Deus.Nunca me deixei levar pela cabeça de ninguém, eu tenho personalidade.
A terapia te faz enxergar o problema, mas não tira ele de dentro de você. Deus tira.

 Fonte/Guia-me

Família norte-coreana esconde a Bíblia no jardim para não ser condenada

O site do Portas Abertas publicou uma história emocionando de norte-coreanos que precisam esconder suas Bíblias para não serem descobertos pelo governo daquele país que é o nº 1 na Classificação de Países por Perseguição.
Na Coreia do Norte ter um exemplar da Bíblia é absolutamente proibido e, por isso, muitos cristãos precisam manter seus exemplares escondidos para não serem condenados. Na história contada pelo refugiado cristão Lee Joo-Chan ele narra como seus pais conseguiram esconder uma Bíblia.
“Todas as noites eles iam até o jardim e desenterravam um pote. Eles tiravam um livro de capa preta e o liam. Eles sempre nos disseram para nunca falar desse livro para outras pessoas. Eu sabia que eles não estavam brincando conosco e que seríamos mortos se outras pessoas soubessem do livro proibido. Às vezes minha mãe dizia que Deus estava vivo e que nós tínhamos que obedecê-Lo.”
Depois de um tempo sua família foi captura por motivos desconhecidos e eles foram levados para trabalhar no campo. Durante esse período Chan conta que eles passaram por anos difíceis, sendo submetidos à circunstâncias horríveis enquanto a Bíblia continuava escondida no jardim.
Assim que a família foi libertada, ela passou a ser acompanhada pelo ministério Portas Abertas através do irmão Simon, um ponto de contato entre o ministério e os cristãos perseguidos daquele país. “Eles eram tão gratos, eles nos deram essa Bíblia”, disse Simon que também afirmou que conseguiu entregar à família um exemplar novo da Bíblia Sagrada.
Simon acredita que um dia as Bíblias, hinários e outros materiais cristãos, que a Portas Abertas tem recebido nos últimos anos, serão trazidos novamente para a Coréia do Norte. “Então poderemos mostrar que ao povo norte-coreano o infinito e indestrutível poder da Palavra de Deus”, disse ele.

Fonte/Gospelprime

Cidade Mundial tem seu alvará suspenso pela Prefeitura de Guarulhos


A Prefeitura de Guarulhos cassou o alvará provisório de funcionamento da Cidade Mundial, nova sede da Igreja Mundial do Poder de Deus que foi inaugurada no dia 1º de janeiro próximo ao Aeroporto de Cumbica. O prefeito Sebastião Almeida assinou a cassação na última sexta-feira, 20.
A decisão foi tomada depois que o vereador Geraldo Celestino (PSDB) ingressou na Justiça com uma Ação Popular para questionar a legalidade da licença provisória que autorizava os cultos do megatemplo sem antes fazer um estudo sobre os impactos  viários que a quantidade de fiéis trariam para a região.
A assessoria de imprensa informou que a motivação da suspensão do alvará é a ausência do Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB) e por esse motivo a prefeitura antecipou sua decisão sobre o caso. No documento está escrito que o templo só será liberado depois que  IMPD apresentar todos os requisitos solicitados pela Prefeitura.
“Vale ressaltar que a licença foi concedida mediante a um protocolo apresentado pela Igreja Mundial do Poder de Deus, referente a um pedido de vistoria de obtenção do Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros, sob o nº 014420. Normalmente, o Corpo de Bombeiros vai ao local antes do evento para confirmar se as estruturas do imóvel apresentam condições para realização do mesmo. Portanto, a licença é fornecida sem o AVCB, mas sua validade está condicionada à emissão do documento por parte do Corpo de Bombeiros”, diz trecho do texto.
Para o vereador que pediu a interdição do templo a resposta do município mostra que ele tinha razão. “Isso mostra que meus questionamentos tinham fundamentos técnicos e estavam corretos. Ao contrário do que muitos insinuaram em nenhum momento se tratou de questão religiosa”.
No dia que a Cidade Mundial foi inaugurada as rodovias que dão acesso à região tiveram congestionamento recorde chegando a atrasar muitos passageiros que estavam com horários de vôos marcados.
O templo tem capacidade para receber 150 mil pessoas, mas a Prefeitura estava preparada para receber apenas 30 mil, com a quantidade de pessoas e ônibus de viagem que traziam as caravanas a três rodovias da região ficaram intransitáveis trazendo impactos ruins para a cidade.

Fonte/Gospelprime

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Chico ainda vive porque Deus quis, diz esposa de Chico Anysio

Open in new window
Chico Anysio, 80, e sua família estão passando por momentos difíceis com a internação do humorista em estado grave na CTI.
Sua esposa, Malga di Paula, acredita que Chico ainda está vivo graças à vontade de Deus.
“A vontade de Deus está sendo feita. Não há apego que seja maior que a vontade dele. Chico continua vivo e aqui porque Deus quis. Se Deus já quisesse ter levado o Chico, ele teria ido”, disse ela neste sábado, em sua conta no Twitter.
A empresária afirmou ainda que está preparada para aceitar a morte do humorista, caso esta seja a vontade de Deus, “meu poder não é maior que o poder divino. O que eu sei é que Deus me pôs ao lado do Chico para que eu tenha fé e esperança. E nada vai tirar isso de mim”.
Ela continuou a declaração em seu microblog, dizendo que estará ao lado do marido até quando for preciso.
“Todas as pessoas do mundo que fizeram o bem durante suas vidas deveriam ter o direito de ter alguém segurando sua mãe no momento mais difícil e dizendo estou aqui para tudo o que você precisar. Conte comigo porque eu te amo. Isso é o que eu mais digo ao Chico, sempre, sempre...”.
O boletim médico divulgado pela equipe responsável por Chico Anysio neste domingo, afirmou que ele continua internado em estado grave no CTI do Hospital Samaritano, em Botafogo, na zona sul do Rio de Janeiro.
O ator continua fazendo diálise em alguns períodos do dia, permanece sedado e respira com a ajuda de aparelhos. Ainda não há previsão de redução do medicamento, indispensável para o controle de sua pressão arterial.
Anysio está internado desde o dia 22 de dezembro, devido a uma pneumonia. Desde então, ele já teve que passar por procedimentos cirúrgicos para auxílio de sua reabilitação respiratória e para retirada de uma parte de seu intestino delgado. Ainda não há previsão de alta.

Fonte: The Christian Post

Ex-striper cria polêmica fazendo dança sensual com música cristã

Uma ex-striper dos Estados Unidos, Crystal Dean, causou polêmica encenando uma dança sensual, conhecida como “pole dance”, ao som de uma música cristã.
A modalidade que é conhecida através de seu apelo erótico e atração em muitas casas noturnas, foi denominada por Crystal de “Pole Fitness for Jesus” (dança para Jesus), adicionando música gospel para embalar as coreografias.
Durante entrevista à TV Fox News, a ex-striper disse não ver mal algum nesta prática e ressaltou que não se importa com o julgamento das pessoas, pois ela é verdadeira cristã e vai à igreja todos os domingos. Crystal afirma que está muito bem com Deus e “isso é o que importa".

Comentário meu: Deus usa o profeta Oséias para advertir o seu povo exatamente pela falta do conhecimento, da mesma maneira tem sido nos nossos dias, muitos vão perecer porque não querem o conhecimento de Deus.“O meu povo perece por falta de conhecimento...” Oséias 4:6
Fonte/Verdade Gospel

Nani Azevedo grava participação especial em CD de Jozyanne

Na última quinta-feira (19/01), Jozyanne e Nani Azevedo encontraram-se no Prateado Vip’s Studio para a gravação da música Confiarei. A canção faz parte do novo CD de Jozyanne pela Central Gospel Music, que tem lançamento previsto para abril. O álbum segue para mixagem.
Confiarei emocionou Nani Azevedo desde a primeira vez que ouviu a canção. “Música linda. Já chorei aqui no avião”, disse o cantor no dia em que conheceu a música que gravaria com Jozyanne. A cantora, por sua vez, declarou que o louvor irá alcançar muitas vidas. “Essa música que ele (Nani) cantou comigo está perfeita para consolar muita gente”. Confiarei é uma composição de Moisés Cleyton, e fala de fé, de saber que há momentos em que amigos não podem ajudar, mas que em todos eles, Deus se faz presente para fazer cumprir Sua promessa.
Jozyanne contou que fica feliz em compartilhar uma canção do novo CD com Nani Azevedo. “Ele (Nani) é um referencial para minha vida e meu ministério”. Para Nani, cantar com Jozyanne é um privilégio. “Pensa em uma pessoa lisonjeada? Sou eu”, disse o cantor.
O novo CD de Jozyanne conta com um repertório de 13 músicas. Entre os compositores estão Moisés Cleyton, Tony Ricardo, Vânia Santos, Anderson Freire, a dupla Gislayne e Mylena e a própria Jozyanne.
A cantora revelou que o álbum tem “muitas letras profundas e que retratam tudo que tenho vivido.”

Fonte/Verdade Gospel

Vocalista da ‘Catedral’ diz não querer fãs ‘fanáticos religiosos’

Kim, vocalista da banda Catedral, referindo-se a antigos fãs que ainda criticam o fato do grupo ter se desligado do mercado gospel, supondo um desvio religioso da banda, desabafou através de seu Facebook: “Não há espaço para ‘fanáticos religiosos’ dentro do nosso trabalho musical! Não fazemos música para essas pessoas, até porque elas NUNCA entenderiam a nossa música e a nossa postura artística”, disparou Kim.
Mesmo não estando ligada a nenhuma gravadora gospel, a banda fez questão de ressaltar que nunca negou sua fé e sempre fala sobre Deus em suas composições.
Sobre o estilo do grupo em relação às letras das músicas, Kim afirma que as canções falam sobre Deus de uma maneira “espontânea e de maneira poética, sincera, sem precisar seguir rótulos, contratos e cachês”.
“Nosso trabalho mexe com cultura e arte! Não temos ministério, temos uma ‘carreira musical consolidada’ há 23 anos! Não pousamos de santinhos, até porque não somos e graças a Deus por isso”, desabafa o músico.
O cantor destaca que seus novos fãs conseguem compreender melhor suas mensagens e refletí-las, ao contrário dos antigos. “Nosso compromisso profissional é com esse nosso público maravilhoso ‘popular e gospel, gospel e popular’, de todas as tribos, raças, classes e etc., enfim, um público diferenciado! Seres humanos pensantes! Fora isso, não queremos e nem fazemos acordos com mais ninguém…”
Leia o desabafo na íntegra:

Cantora famosa diz que autores da Bíblia estavam “bêbados e chapados”



  Um tribunal decidiu que Dorota Rabczewska, uma das mais famosas estrelas da música pop da Polônia é culpada de ofender os sentimentos religiosos e condenada a pagar uma indenização  de 1.450 dólares. A cantora, que usa o nome artístico de Doda, foi considerada culpada por afirmar publicamente que os escritores da Bíblia estavam bêbados e chapados ao escreverem as Sagradas Escrituras.
Doda, 27, fez essa declaração em uma entrevista para o jornal Gazeta Dziennik Prawna. Na mesma ocasião afirmou: “mais pessoas acreditam em dinossauros do que na Bíblia,” e acrescentou: “É difícil acreditar em algo escrito por alguém que estava embriagado com vinho e fumado maconha. ”
De acordo com o site Nerve.com estas palavras enfureceram os grupos católicos na Polônia, que abriram um processo contra ela. Ryszard Nowak, presidente da Comissão de Defesa, entidade que afirma lutar contra as seitas no país, levou o caso a julgamento.
Não é a primeira vez que Nowak processa um artista.  Adam Darski, ex-noivo de Doda e líder da banda de death metal  Behemoth já sofreu processo similar. Ele rasgou um exemplar da Bíblia durante um show em setembro de 2007 e disse que a Igreja Católica era “o culto aos maiores assassinos do planeta”.
O argumento de Nowak é que a declaração da cantora violou o Código Penal da Polônia, que diz: ”Aquele que ofende os sentimentos religiosos de outras pessoas, por ultrajar em público um objeto de adoração ou no espaço de execução pública dos ritos religiosos, estará sujeita a multa, restrição de liberdade ou prisão por dois anos”.
O julgamento começou em maio de 2011, e os advogados da cantora alegram que o processo não era válido, pois sua cliente tem o direito de liberdade de expressão .
O promotor discordou, dizendo ao tribunal que ela ofendeu os sentimentos religiosos de ”milhões de pessoas”, incluindo judeus, evangélicos, católicos e todos os que creem na Bíblia.
Doda argumentou que falou sobre maconha por ser algo “usado para curar”, porque durante os tempos bíblicos não existia aspirina e que o álcool a que se referiu era o “vinho sacramental”. Também pediu desculpas, dizendo que não tinha intenção de ofender ninguém.
No entanto, as explicações da cantora não convenceram  o Tribunal de Varsóvia que considerou Doda culpada por ofender os sentimentos religiosos. Ela pagou e multa e foi liberada.
No final do ano passado, o programa de Jô Soares veiculado na rede Globo mostrou uma entrevista com os músicos Moraes Moreira, Tom Zé e Henrique Dantas. Durante o programa, eles relataram que fumavam maconha em baseados feitos com as folhas de uma Bíblia.
O apóstolo René Terra Nova criticou o episódio em sua conta no Twitter, afirmando que Jô e seus convidados “zombaram da situação e menosprezaram o valor inenarrável da Bíblia Sagrada”.
Logo em seguida iniciou um movimento pela internet, exigindo que eles se desculpassem publicamente. Até agora nem Jô Soares nem os músicos se pronunciaram sobre o caso.

Traduzido e adaptado de Notícias Cristianas

Pesquisa mostra que mórmons se sentem discriminados pela sociedade



O candidato à presidência dos Estados Unidos, Mitt Romney, sabe que sua religião pode ser um grande impecílio para que ele consiga concorrer ao cargo pelo Partido Republicano. Romney é membro da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias e chegou, inclusive, a ser pastor dessa denominação que representa apenas 2% da população dos EUA.
Ele não cita em sua biografia de campanha que serviu como missionário à igreja mórmon porque sabe que muitos americanos não simpatizam com sua religião. De acordo com uma pesquisa realizada neste mês pelo Centro Pew de Religião e pesquisa, muitos mórmons se sentem discriminados por sua religião.
Oran Smith, diretor do Conselho dos Valores Familiares de Palmetto é uma dessas pessoas que conhece o preconceito. “É que Romney não fez nada estranho nesta campanha, se não muita gente atribuiria isso ao fato de ele ser mórmon”, disse.
Mas de 62% dos mórmons americanos dizem que o público não conhece sua religião, mesmo assim os discriminam.
A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias tem sede em Salt Lake City, Utah (Estado com 58% de mórmons), e presidida por Thomas S. Monson, mas sua história começou no Estado de Nova York em 1820 quando Joseph Smith Jr. (1805-44) teria recebido a visita de Jesus Cristo e de Deus.
De acordo com relatos, aos 14 anos Smith pediu para que Deus o ajudasse a escolher uma religião, depois dessa prece o próprio Deus e também Jesus Cristo teriam aparecido para ele pedindo para que o garoto restaurasse a Igreja cristã original e assim surgiu a denominação que tem Joseph Smith como profeta máximo depois de Cristo.
Sete anos mais tarde Smith teria recebido de Deus um livro de ouro chamado de “Livro de Mórmon” que baseia todas as doutrinas da igreja ao lado da Bíblia. Além desses livros os Artigos de Fé escritos pelo mesmo profeta em 1842 também são usados como base na religião.
Nesse livro com 13 princípios estão alguns pontos que separam os mórmons dos cristãos. Os mórmons também crêem na obediência a Deus, batismo, pecado e expiação pelo arrependimento, mas afirmam que Cristo vai voltar à Terra para reinar sobre uma Nova Jerusalém localizada na América.
Outro ponto que é criticado pelos cristãos é a poligamia que acabou sendo vetada pela lei americana. Talvez o tema mais polêmico se refira ao racismo, pois em um episódio o Livro de Mórmon dizia que a pele escura é um castigo, mas hoje a denominação já aceita membros de todas as etnias.

Com informações Folha.com

Cristolândia pode chegar em outras cidades do Brasil



Diante dos bons resultados obtidos pela Cristolândia que atua na cidade de São Paulo há dois anos, o pastor Paschoal Piragine, presidente da Convenção Batista Brasileira (CBB), tem como objetivo levar o projeto para resgate de usuários de crack para outras cidades de outros estados.
Em São Paulo o projeto funciona no Centro da cidade, mais conhecido como Cracolândia, e recebe moradores de ruas e viciados em drogas que vagam pela região. Além de oferecer comida e roupas, os voluntários ligados à Junta de Missões Nacional também falam do amor de Cristo e da salvação para cada um deles.
As cidades do Rio de Janeiro e Recife também possuem suas filias da Cristolândia e já começam a mostrar bons resultados em relação ao número de dependentes alcançados. Por isso, durante a 92ª Assembleia da Convenção Batista Brasileira que terminou neste domingo, dia 22, em Foz do Iguaçu (PR), o presidente da CBB pediu para que outras igrejas se especializassem para lutar contra o crack.
“Assim como São Paulo, Rio e Recife, Deus vai abençoar que cada igreja batista terá um ministério especializado em arrancar jovens e adultos das ruas e das drogas. Deus vai nos dar Graça pois temos a mensagem que transforma que é Jesus”, disse o pastor Piragine.
Nas últimas semanas o projeto Cristolândia de São Paulo tem recebido centenas de dependentes químicos que estão sendo dispersos das ruas principais do bairro da Luz devido a uma ação do governo do Estado em conjunto com a Prefeitura para descentralizar os usuários e encaminhá-los para tratamentos.

Com informações CREIO

Polícia prende falso pastor que teria desaparecido com grupo de índios



O falso pastor evangélico Antônio Alenquer Pereira Pontes, de 47 anos, foi preso na última sexta-feira, 20, pela polícia do município de Canutama (a 619 quilômetros de Manaus) por ter desaparecido  com 14 índios de uma aldeia que fica na região do município de Lábrea.
Se apresentando como pastor evangélico e divulgando um CD com músicas gospel, Pontes ganhou a confiança de alguns índios e os capturou sendo que sete dos 14 índios têm menos de 18 anos.
“Recebemos uma informação de que ele estava nesta comunidade e fomos para lá averiguar”, disse o sargento Lenildo Silva Mota, chefe da 18º Delegacia de Polícia de Canutama que participou da captura.
Ainda de acordo com ele 11 dos 14 índios que estavam desaparecidos há duas semanas foram encontrados em uma canoa voltando para Lábrea. “No caminho encontramos 11 índios numa canoa e descobrimos que eram os mesmos que estavam com o falso pastor. Os índios nos disseram que haviam sido mandados por ele de volta para Lábrea”.
Ao jornal A Crítica o sargento revelou que o suposto pastor teria ficado em Belo Monte apenas com a mulher indígena e duas filhas pequenas dela. “A intenção dele era ir para Manaus”, disse ele que também informou que os índios que estavam na canoa não teriam condições de continuar a viagem, pois estavam sem água potável, sem comida e com o combustível da embarcação quase se esgotando.
Em Belo Monte, Pontes teria se apresentado como pastor Alexandre Campos e já estava pregando em uma igreja evangélica local. “Descobrimos que ele continuava prometendo ajudar as pessoas com a intenção de angariar fundos para si próprio. Quando o prendemos ele estava todo arrumado, se passando como pastor”, disse o sargento.
Antônio Alenquer Pereira Pontes ficará preso e responderá por diversos crimes, entre eles o de falsa identidade, estelionato, usurpação de função pública, maus tratos, rapto mediante fraude, sequestro e cárcere privado. O falso pastor já foi preso por estelionato em Humaitá, mas estava em liberdade condicional. Ele deve ser levado para Lábrea para prestar depoimentos.
 
Com informações A Crítica – UOL

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

CUIDADO COM PASTORAS QUE ESTÃO NA IDADE DA "LOBA"!

Pastora aplica golpe em idosa de 80 anos e ganha casa avaliada em mais de R$500 mil

A polícia da cidade de Campo Grande foi acionada pelos familiares de uma idosa de 80 anos que teria sido vítima de uma pastora evangélica da igreja pentecostal Unidos pela Fé.
A pastora não teve seu nome revelado, mas de acordo com o jornal Campo Grande News ela tem 51 anos e teria recebido de Orlanda uma procuração para movimentar sua conta bancária e depois comprou uma casa no valor de R$535 mil no bairro da Vila Célia.
A família começou a desconfiar quando perceberam que a idosa estava acumulando dívidas.  “Ela não tem dinheiro, mas tem aplicações. Ela tem muita posse só que é tudo em imóveis e a família estranhou as dívidas”, afirma o delegado  Miguel Said, da 1ª Delegacia de Polícia.
Para poder aplicar o golpe a pastora teria convencido a idosa de que ela estava possuída por demônios e para libertá-la era necessário fazer campanhas de oração. Foi dessa forma que ela ganhou a confiança e recebeu as procurações da idosa para poder movimentar seus bens.
Em uma vez a pastora tentou vender o carro da idosa, mas a Polícia impediu e passou a investigar o caso. Orlanda disse que está arrependida de ter dado a casa para a líder evangélica e agora entende que caiu em um golpe.
Mas a pastora disse que não foi um erro aceitar a casa como presente mesmo sendo tão cara, “porque cumpre a parte dela com as orações”. Seus familiares que prestaram depoimento disseram que a igreja é séria e que a mulher errou em aplicar os golpes.
A pastora foi autuada pelos crimes de estelionato, crime contra o idoso e retenção de documento por ter ficado com a identidade de Orlanda.

Com informações Campo Grande News

“Anjos do Senhor” são chamados para acabar com o crime na cidade mais violenta do México


 
A meia dúzia de assassinatos diários faz de Ciudad Juarez uma das cidades mais violentas do mundo. O tráfico de drogas está por trás da violência extrema desta cidade do México, que faz fronteira com El Paso, Texas.
No passado, os moradores de Juarez já organizaram marchas e protestos para pedir paz, mas tiveram pouco sucesso. Recentemente, “anjos” foram aparecendo para trazer a paz a estas ruas perigosas.
Na verdade são alguns jovens mexicanos que pacientemente pintam parte do corpo com tinta prateada e usam vestes brancas. Chamando a si mesmo de “anjos mensageiros”, essa é a missão levada adiante pelos membros de uma pequena igreja evangélica em um dos bairros mais pobres de Ciudad Juarez.
Sua presença tem atraído a atenção da mídia internacional, como o renomado jornal The New York Times. Seu trabalho parece simples, basta andar nas ruas perigosas de Juarez carregando cartazes que pedem por arrependimento e paz.
“[É] uma coisa muito agradável e também arriscada, mas a Palavra de Deus diz que precisamos ser fortes e corajosos. Eu acredito que precisamos ser corajosos para salvar Ciudad Juarez”, explica um “anjo” chamado Cuevas.
Carlos Mayorga, 33, líder do grupo, disse que tiveram essa ideia no ano passado, quando os jovens da igreja mostraram-se frustrados em viver no meio de tanta violência implacável e queriam fazer algo para mudar isso. Foi então que começaram a pedir doações e a partir de  cortinas velhas fizeram suas vestes angelicais. Eles levantaram entre si o dinheiro para maquiagem e as penas que enfeitam suas asas.
Saindo da igreja, dirigem-se para os cruzamentos movimentados da cidade e ficam em pé sobre cadeiras de praia, para parecerem mais altos. Eles ajeitam suas asas e levantam os sinais esperando que os motoristas prestem atenção em sua mensagem.
A estratégia dos anjos é ficarem parados como estátuas, sentinelas em silêncio, com a esperança de serem notados em meio ao caos urbano. O “anjo” Israel Santillan, 15, lembra que há sempre um monte de gente buzinando para demonstrar apoio e outros que perguntam se eles estavam sendo pagos para fazer isso.
“Este trabalho é bom, mas também um pouco cansativo”, disse Daniel Rubalcaba, outro jovem “anjo”. ”Estou feliz porque Deus, que está nos céus, está vendo o trabalho que estamos fazendo. Foi isso que ele nos mandou fazer: levar o evangelho a todas as nações”.
O grupo também se reúne em locais onde ocorrem crimes, assim que sabem onde alguém foi baleado ou morto. Em uma vigília silenciosa, os anjos se oferecem para orar com os vizinhos, pedindo a Deus um fim à matança e a salvação dos seus pecados.
Nesses momentos eles também pregam e veem surgir convertidos como Daniel Diaz, que costumava fazer parte do problema da cidade. “Eu estava no mundo, era um delinquente”, diz o agora cristão Diaz. ”Agora, eu quero te dizer que nessa vida de crime você não vai encontrar nada de bom. Você só vai afundar mais e mais”.

Traduzido e adaptado de CBN e New York Times

Astro do esporte, Tim Tebow declara: “Ganhando ou perdendo, devo dar glória a Deus”

                             Astro do esporte, Tim Tebow declara: “Ganhando ou perdendo, devo dar glória a Deus”
 
Tim Tebow é a nova estrela do futebol americano e um dos astros do esporte mais comentados do momento. Semana passada, o quarterback do Denver Broncos viu seu time perder para o New England Patriots por 45-10.
Ele, que recebeu o apelido de “quarterback de Deus” quando ainda jogava na liga universitária, mostrou ser um cristão maduro e consegue manter-se firme mesmo nas adversidades. Em uma entrevista nesta semana declarou “ganhando ou perdendo, é importante dar glória a Deus”.
Tebow percebe que a derrota de sua equipe pode lhe dar um novo foco sobre o que Deus está fazendo em sua vida. Reconhecendo a superioridade do Patriots, felicitou-os pela vitória e disse “Estou triste e ainda sinto a dor da derrota. Mesmo decepcionado, você ainda pode honrar a Deus na maneira como lida com essas coisas”.
O jovem atleta de 24 anos é filho de missionários e tem chamado a atenção da mídia tanto por seu desempenho dentro de campo quanto pelas suas declarações fora dele. Ao anunciar que continuava virgem, ignorou uma enxurrada de convites de pretendentes e ouviu de líderes cristãos importantes os parabéns por sua postura.
Inclusive os pais da cantora Katy Perry, que são pastores, declararam que ele seria o “marido perfeito” para a filha recém-separada.
Mais do que isso, a media de lançamentos de Tebow na temporada 31,6 jardas e os lançamentos que totalizaram 316 jardas no jogo contra o Steelres fizeram com o que a expressão “316” fosse uma das mais procuradas no Google durante dois dias.
Aproveitando-se desse fato, ministérios como o de Billy Graham e o Focus on the Family registram que várias pessoas aceitaram Jesus ao visitar seus sites fazendo buscas pelo termo ou por assistir o comercial de 40 segundos, feito em “homenagem” a Tebow, onde crianças recitavam o versículo de João 3:16.
Segundo uma pesquisa sobre popularidade nos esportes, realizada pelo canal ESPN, o quarterback carismático do Denver Broncos ficou à frente da estrela dos Lakers, Kobe Bryant, e dos quarterbacks Aaron Rodgers (Packers), Peyton Manning (Colts ) e Tom Brady (Patriots).
A rede CBS Sports o convidou para ser parte da sua equipe e servir como comentarista nos últimos jogos da temporada. O deputado democrata Sal Pace, do Colorado, enviou uma carta aberta para Tebow, convidando-lhe para fazer a oração matinal na reunião matinal que participam os legisladores evangélicos antes de começar a trabalhar. “Você tem inspirado o Colorado e inspirado os Estados Unidos”, disse Pace na carta.
Seu sucesso repentino é curioso em um país fascinado pelos vencedores. Afinal, Tebow não tem nenhum grande prêmio em sua incipiente carreira profissional. Uma enquete recente, mostrou que quase 43% das pessoas atribuíam o seu sucesso a uma “intervenção divina”.
O jornalista Aurelio Moreno escreveu um artigo para o jornal The Sentinel, do Sul da Flórida, explicando como vê o sucesso do jogador: “Mesmo tendo ficado de fora das finais… Este é o prêmio para a decência e a pureza moral e espiritual em uma sociedade competitiva onde no esporte em geral os bons são esquecidos, enquanto os ‘bad boys’ desfrutam de contratos milionários e recebem o culto profano de um povo injusto ou simplesmente ignorante por causa de seus valores distorcidos”.

Traduzido e adaptado de Notícia Cristiana e CBN

Aline Barros e Silas Malafaia são as personalidades evangélicas mais seguidas no Twitter

  As redes sociais tem sido o meio mais fácil de aproximar cantores, pastores e empresas do ramo evangélico ao público, principalmente o Twitter que é um microblog e possui milhões de usuários brasileiros.
Em apenas 140 caracteres líderes evangélicos e artistas do gospel conseguem passar mensagens, falar sobre eventos, compartilhar informações novas e bater um papo com os fãs.
São muitos representantes do evangelho que possuem uma conta no microblog, mas os que possuem maior influência são cantores reconhecidos não só entre evangélicos e pastores de denominações grandiosas como a Assembleia de Deus.
Aline Barros é a cantora evangélica que mais possui seguidores no Twitter, por ser conhecida também no meio secular a carioca tem mais de 480 mil seguidores no seu microblog. Outra pessoa popular no Twitter é o pastor Silas Malafaia que é seguido por mais de 278 mil pessoas.
De acordo com dados do DataPopular 56,5% dos usuários do Twitter pertencem à classe C  (pessoas que ganham entre R$950 a R$1.400), ou seja, não são apenas ricos que possuem perfil nessa rede social, o que também explica o alto número de evangélicos que fazem parte da rede.
Verificamos no Tweet Rank quais os cantores e pastores que mais são seguidos no Twitter. Confira:
Cantores
Nome / Seguidores
Aline Barros     (480.574)
André Valadão  (343.362)
Ana Paula Valadão   (337.160)
Mariana Valadão   (227.073)
Fernanda Brum    (324.955)
Eyshila    (221.525)
Cassiane    (192.143)
Oficina G3     (166.740)
Kleber Lucas (163.546)
Thalles Roberto   (129.836)
Pastores
Nome / Seguidores
Silas Malafaia  (278.989)
Pastor Abner Ferreira  (212.708)
Pastor Samuel Ferreira   (212.251)
Marco Feliciano
  (77.971)
Edir Macedo
   (74.549)
Rene Terra Nova    (57.328)
Estevam Hernandes (49.917)
RR. Soares    (40.612)
Ed René  (25.928)
Valdemiro Santiago
(10.826)

Fonte/Gospelprime

Idosa tatua 666 na testa e na mão porque achou bonito


Uma idosa de 84 anos resolveu tatuar o 666 na testa e na mão direita porque achou “bonito”, dona Nina que mora da baixada fluminense vivia trancada dentro de sua própria casa sem comida com um casal que pertence à igreja Crescendo em Graça que usa o símbolo para dizer que esse número é símbolo do filho de Deus.
Os vizinhos perceberam as tatuagens e chamaram a polícia, para eles dona Nina informou que contratou o casal para fazer uma reforma, mas que eles acabaram ficando na casa e lhe apresentaram a seita liderada pelo porto-riquenho José Luis de Jesús Miranda.
Para o apresentador Wagner Montes a idosa confessou que assistiu vários vídeos do líder da seita e que acabou aceitando fazer as tatuagens, mas disse também que desistiu de fazer parte da Crescendo em Graça.
“Achei bonito, harmonioso. Fazia propaganda da 666. As pessoas ficam doidas. Ou então [dizem] ‘ah é muito bonito, a senhora foi corajosa’. [a reação das pessoas] Varia muito”, disse ela ao apresentador do Balanço Geral que vai ao ar no Rio de Janeiro.
Sua saída da seita foi justificada por dona Nina dizendo “não ter fé suficiente”, mas apesar de não acreditar no fim do mundo em 2012 a idosa crê que “coisas ruins irão acontecer”.
Jorge Henrique Cosme e Silva, o homem que converteu Dona Nina, explica que o número 666, para os adeptos da seita, significa “sabedoria, riqueza, honra e é o número do nome de Deus”. José Miranda é conhecido como Jesus Homem e prega que seu corpo será transformado esse ano e todos verão que ele é realmente Jesus. Essa seita já está presente em 11 estados brasileiros e em vários países do mundo.

Fonte/Gospelprime

VAMOS ORAR , ESTÃO MATANDO NOSSOS IRMÃOS NA NIGÉRIA.

Chega a 215 o número de mortos em atentados



Pelo menos 215 pessoas morreram até o momento nos atentados de sexta-feira na cidade nigeriana de Kano, obra do grupo radical islâmico Boko Haram, informou neste domingo o jornal local ´Leadership´.

O periódico nigeriano, um dos mais importantes do norte do país, baseia esses números nas observações feitas por seus correspondentes, que visitaram necrotérios de vários dos principais hospitais de Kano.
Ilustrada com uma fotografia de corpos empilhados no reboque de uma caminhonete, a reportagem indica que o número poderia continuar aumentando, já que há inúmeras pessoas gravemente feridas nos hospitais visitados.
Nem a Polícia nem a Cruz Vermelha divulgaram ainda números de maneira oficial, pois continuam recolhendo e organizando dados.
O governo do Estado de Kano, cuja capital é a cidade homônima, reduziu o toque de recolher de 24 horas previamente imposto. A partir de agora, a medida será vigente entre 19h e 6h locais (16h e 3h de Brasília).
O comissário estadual de Informação, Umar Farouk, anunciou neste sábado a medida pela rádio para que os nigerianos possam seguir realizando suas ocupações diárias.
No entanto, agentes armados das forças de segurança desdobrados na cidade após os ataques seguem patrulhando as ruas da cidade e vigiando os pontos estratégicos.
A maioria dos atentados, realizados com explosivos e armas leves, ocorreu no bairro de Bombai, onde ficam as sedes da Polícia estadual, várias delegacias e a residência oficial do subcomissário de Polícia, todas elas atacadas.
Outros alvos dos terroristas foram os escritórios do Serviço de Segurança Estatal (serviço de inteligência nigeriano) e de Imigração.
O ´Leadership´ acrescenta que, na noite de sexta-feira, os terroristas, vestidos com uniformes da Polícia, voltaram na noite de sexta-feira a várias das principais delegacias para realizar novos ataques.
Os radicais islâmicos do Boko Haram assumiram a autoria dos atentados – o maior massacre da história da Nigéria – através de uma ligação telefônica realizada na sexta-feira ao jornal local ´Daily Truste´.
O Boko Haram – cujo nome significa ´a educação não islâmica é pecado´em línguas locais – luta para instaurar a lei islâmica (Sharia) no norte da Nigéria, de maioria muçulmana, enquanto o sul de país é predominantemente cristão.
O grupo fundamentalista, que admitiu em várias ocasiões sua vinculação com a rede terrorista Al Qaeda, se responsabilizou também pelo atentado contra a sede da ONU em Abuja, em agosto do ano passado, e disse que os últimos ataques foram uma resposta à recusa das autoridades federais em libertar alguns de seus membros detidos.
Com mais de 150 milhões de habitantes e mais de 200 grupos tribais, a Nigéria, país mais populoso da África, sofre múltiplas tensões por suas diferenças políticas, religiosas e territoriais.

Fonte: AFP/Portal R7

Ateu pode ser condenado a 5 anos de prisão por dizer no Facebook que Deus não existe

Alexander, um funcionário público da Indonésia, pode ser condenado a passar cinco anos na prisão por escrever “Deus não existe” na página do Facebook “Ateis Minang” (“Os ateus de Minang”), a página tem 1.361 seguidores, e Alexander é um de seus administradores.
Ele foi preso por blasfêmia depois de ser denunciado pelo Conselho de Ulemás da Indonésia. E de acordo com as autoridades o que causou mais problemas para Alexander foi ter usado o Alcorão para justificar seu ponto de vista ateu.
O funcionário público teria postado frases como “Se Deus existe, por que acontecem coisas ruins?” e “Se Deus é misericordioso, deveriam acontecer apenas coisas boas”, o que acabou extrapolando a mera discussão online e irritando várias pessoas, que chegaram a invadir o escritório em que ele trabalha para agredi-lo.
Segundo informações do The Jakarta Globe preso por blasfêmia “o homem disse aos investigadores da polícia que, se Deus realmente existe e tem poder absoluto, por que ele não impedir que coisas ruins acontecendo neste mundo”.
O Código Penal da Indonésia define o crime de blasfêmia como “expressar publicamente sentimentos ou fazer algo que divulgue abusos, ódio ou ofensas a certas religiões na Indonésia, de forma que possa fazer alguém desacreditar a religião”, e prevê uma pena de até cinco anos para quem cometer esse crime.
A Comissão Nacional de Direitos Humanos da Indonésia, presidida por Ifdhal Kasim, interviu no caso pedindo à polícia que se mantenha neutra e de forma a não agir pela pressão popular. 
 
Fonte/SC

Megadeth: Músico de famosa banda de heavy metal estuda para ser pastor

David Ellefson, baixista e integrante original do Megadeth junto a Dave Mustaine, revelou que está estudando para virar pastor de uma igreja luterana, no Arizona.
De acordo com o jornal St. Louis Post-Dispatch, o roqueiro veterano está estudando online no Programa de Ministério Específico no Seminário Concórdia.
De acordo com a Revista Rolling Stone Ellefson cresceu indo à igreja, em Minnesota, mas se desconectou de sua fé quando se mudou a Los Angeles nos anos 90 no auge da banda, e passou a viver o estilo de vida “rock star” com o Megadeth. Aos 25 anos o baixista entrou em um programa de 12 passos para se religar a sua fé.
Jon Bjorgaard, pastor da igreja que Ellefson frequenta falou da decisão do roqueiro, segundo ele “a maioria das pessoas quer ser uma estrela do rock. E David é uma estrela do rock que quer ser um pastor”.
Ellefson falou das mudanças em sua carreira, segundo ele seu processo de composição irá se distanciar de temas sombrios que marcaram o Megadeth em músicas como “Killing Is My Business… And Business Is Good!”. “Algumas pessoas querem misturar as duas coisas, mas eu tenho uma mão nos dois mundos. Amo louvar e venero música, e amo o heavy metal”, refletiu o músico.


Pastor Silas Malafaia afirma que crente que assiste BBB tem que se converter de novo

Diante das diversas polêmicas envolvendo o Big Brother Brasil, vários líderes religiosos têm se manifestado sobre o assunto. E depois do Ministério das Comunicações ter se manifestado, em comunicado oficial, informando que pode até interromper os serviços da emissora, caso realmente tenham sido exibidas cenas de estupro no programa, as manifestações de líderes religiosos tem aumentado.
Em seu site Verdade Gospel o líder da Igreja Assembleia de Deus, Vitória em Cristo, pastor Silas Malafaia, falou sobre o assunto e chegou a dizer que se algum cristão assiste ao programa ele precisa “se converter de novo”.
“O Big Brother é um lixo. Como é que tem crente que ainda perde tempo com isso? Tem que se converter de novo”, afirmou o pastor.
Malafaia criticou também a grande audiência que o programa, classificado por ele como lixo, tem recebido: “Esse programa está promovendo a baixaria, a imoralidade, e tudo o que há de mais destrutivo para a sociedade. É explícito o incentivo a bebedeira, sensualidade, promiscuidade e infidelidade. Onde vamos chegar quando um programa baixo, ridículo e imoral como este, é um dos campeões de audiência no nosso país?”.
Além de Silas Malafaia outros pastores e lideranças religiosas tem se manifestado sobre o assunto. A Igreja Presbiteriana lançou um blog para tratar do assunto e o pastor Gilson Bifano, do portal Click Família, falou ao site de Malafaia afirmando que “é hora de todas as denominações se pronunciarem” e que os cristãos precisam “cobrar do governo, não a censura, mas um posicionamento”, segundo ele “o Ministério Público deve investigar o que houve e punir severamente a emissora”. 
 
Tags/Sila Malafaia

Políticos evangélicos condenam possível liberação da maconha no Brasil

Na tarde da última sexta feira (20), o Pastor e Deputado Marco Feliciano (PSC), o deputado Eduardo Cunha (PMDB), a psicóloga Marisa Lobo e o Twitter contra a PLC 122 reverberaram um texto do colunista Merval Pereira do O Globo sobre a possível legalização da maconha no país pelo Supremo Tribunal Federal (STF).
O movimento foi iniciado pela psicóloga Marisa Lobo, que trabalha com dependentes químicos, e foi imediatamente apoiada pelo Twitter @contraPL122. Outros conhecidos líderes evangélicos que ajudaram a divulgar o artigo foram os deputados Marco Feliciano e Eduardo Cunha, membros da bancada evangélica na Câmara dos Deputados.
Segundo o texto do colunista o “STF decidiu deliberar, ainda neste ano de 2012, sobre a descriminalização do consumo de maconha, e tudo indica que a maioria do plenário tenda a favor”. Pereira comenta ainda que “o Supremo tem se colocado na vanguarda da sociedade brasileira no campo dos costumes ao aprovar, nos últimos tempos, questões polêmicas como a união estável entre homossexuais e a permissão da defesa pública da legalização da maconha, retirando desse movimento o caráter de apologia de crime”.
Na liderança da luta pela descriminalização do consumo da maconha está a ONG Viva Rio, apoiando o trabalho do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso pela regulamentação do uso da maconha. Além da descriminalização do uso a Viva Rio luta, de acordo com o artigo, em prol do “chamado “pequeno traficante”, aquele que vende drogas para garantir seu consumo, que na opinião desses especialistas não deveria ser preso, mas ressocializado”.
Sob a bandeira da defesa da família esses líderes evangélicos divulgaram o texto sobre a legalização da maconha com o objetivo de mobilizar seus seguidores contra a possibilidade do STF descriminalizar o uso da maconha e até mesmo contra a possibilidade de regulamentar o uso da droga no Brasil.

Caio Fábio incentiva cristãos a “invadirem as redes sociais com o evangelho”

O pregador Caio Fábio fez uma transmissão de vídeo online na qual falou de diversas mudanças no meio evangélico. Durante a transmissão ao vivo, feita através do serviço Twitcam, um dos assuntos abordados pelo líder religioso foi a teologia da prosperidade que, de acordo com suas palavras, está enganando as pessoas com menos instruções nas igrejas.
Fábio criticou também os líderes que se preocupam em fazer obras grandes e se esquecem das vidas e de investir em missões. “Quem não consegue enxergar Jesus na religião também não consegue encontrá-lo onde Ele realmente está”, afirmou em alusão à passagem bíblica em que Jesus se compara com “cada um dos pequeninos” abandonados pelos religiosos.
A transmissão de vídeo foi acompanhada por cerca de 240 pessoas. Caio Fábio utilizou o meio para chamar as pessoas à “doçura apaixonada de Jesus”, ele também convocou os espectadores a utilizar a internet como meio de transmitir o evangelho: “Eu quero desafiar você para que use essas redes sociais para divulgar a mensagem do evangelho”, disse afirmando que ele essa seria a forma de criar grupos sem religião e sem donos, e também “sem bispos, sem apóstolos”. Para Fábio essa seria a forma para que a mensagem verdadeira da Graça de Deus seja transmitida.
O pregador afirmou também que o grupo “Vem e Vê TV” estará criando páginas nas redes sociais para transmitirem o “evangelho puro e genuíno”, e chegou a falar também sobre a criação de uma rede social cristã. Ele completou dizendo: “Eu espero que a virtualidade e a realidade se encontrem”, afirmando acreditar na relação pessoal e não só nas relações virtuais. 
 
Fonte/Seguidores do Cristo Vivo

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Pastor é assassinado em frente a igreja em Patos na Paraíba

Crime aconteceu na cidade de Patos e ainda não existem suspeitos

Cinco pessoas foram assassinadas na cidade de Patos nos últimos meses e o caso mais recente aconteceu na tarde desta quarta-feira (dia 18). A vítima foi pastor Luciano Lúcio de Oliveira, de 60 anos.
O crime aconteceu por volta das 13h30, dentro de um curral na Rua Alfredo Lustosa Bairro, Dona Melindra, em frente à Igreja Assembléia de Deus, na cidade de Patos.
Luciano era pastor evangélico e congregava na Igreja Assembléia de Deus do Ministério Emanuel há 10 anos.
A vítima também era representante comercial de uma empresa de sabão e morava na própria igreja.
De acordo com informações da Polícia Militar, ele foi morto com vários tiros que atingiram o ombro, o peito e a nuca.
A Polícia foi acionada e saiu em diligencias em busca do autor do crime, mas até o momento nenhum suspeito foi preso.

Fonte/Guia-me



Mandado de prisão contra Caio Fábio é anulado pela Justiça


Pastor Caio Fábio fala sobre a condenação à quatro anos de prisão: “sentença não tem fundamento”
O reverendo Caio Fabio conseguiu na Justiça Eleitoral anular o mandado de prisão emitido pela juíza Léa Maria Barreiros Duarte, em circunstância da condenação dele a quatro anos de prisão em regime semi-aberto e quarenta dias multa no valor de dois salários-mínimos cada dia, no processo pelo crime de calúnia contra o presidente da República.
O processo foi movido a partir do suposto envolvimento de Caio Fábio com o Dossiê Cayman, que tentava incriminar os candidatos do PSDB durante as eleições presidenciais de 1998. Após a condenação, Caio Fábio apresentou recurso contra o julgamento em primeira instância, porém uma vez negado, o mandado de prisão havia sido emitido pela juíza.
Após o julgamento, Caio Fábio relatou que seu envolvimento foi involuntário: “Eu passei a vida adulta, depois de convertido, tentando fazer aquilo que realizava o bem ao meu próximo. No entanto, em 1998, eu me vi no meio de uma trama diabólica, de natureza política (ambiente no qual eu nunca havia andado, pois, nunca nele confiei), a qual, pela sua própria natureza, em sendo verdade, faria bem ao país, mas não sendo verdade, poderia fazer muito mal a algumas pessoas, entre elas o Presidente Fernando Henrique Cardoso”.
Confiante de que a justiça seria feita, Fábio afirmou que a sentença não tinha fundamento e que confiava em Deus a respeito da decisão tomada pela juíza: “Assim, aprendi mais uma importante lição na vida, e dela jamais me esquecerei: Deus é Aquele que muda o coração dos reis assim como muda as curvas de um riacho. E isso tudo sem a intervenção humana no processo. A cada dia que passa, mais aprendo que Deus tem a vida de todos em Suas mãos, e que remove reis e estabelece reis”.
Mariel Marra, teólogo que vem acompanhando o caso, escreveu artigo no site “Guerreiros da Luz” onde afirma que “Caio Fábio não corre mais risco de ser preso a qualquer momento, visto que o provimento do recurso conseguiu derrubar o mandado de prisão que estava em aberto contra ele”.
A decisão da Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) no dia 13/01/2012 manifestou-se pelo provimento do recurso criminal RC Nº 16889, proposto na segunda instância da Justiça Eleitoral de São Paulo pela Adv. Gysela Lohr Muller em favor Caio Fabio. A emissão do mandado de prisão havia ocorrido pois os recursos haviam sido apresentados fora do praz legal, porém, de acordo com o parecer da PRE as decisões referentes ao processo foram declaradas nulas e os atos subsequentes foram igualmente anulados, o que gerou a emissão do contra mandado de prisão contra Caio Fábio.
O processo ainda não está encerrado, mas com a decisão, o reverendo poderá continuar recorrendo à Justiça em liberdade.

 Fonte/Gospel+

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...